Jogos sociais – moda ou pra valer?


No mundo dos jogos online, há sempre muita novidade rolando. E mesmo que você não goste de ficar lendo notícias em portais especializados, é bem provável que já tenha visto, em sites de jogos em Flash, inúmeras propagandas de jogos sociais e MMOG. Bem, até agora não havíamos falado muito sobre jogos sociais (exceto por um artigo chamado Facebook – o lugar certo para jogos sociais!) , mas a verdade é que não dá para ficar sem falar sobre esse tipo de jogo que, cada vez mais, invade nossas casas (ou computadores, melhor dizendo).

Minha irmã, por exemplo, adora jogar diversos desses jogos em redes sociais – traduza-se aqui como Facebook. Eu também gosto: no passado, jogava bastante Edge World, no Google Plus, mas atualmente estou jogando somente Ultimate Football Manager, jogo de gerenciamento de time de futebol desenvolvido por uma empresa brasileira na qual já trabalhei e por isso decidi jogar, para conhecer um pouco mais como andam os trabalhos por lá – e posso garantir que, para quem gosta desse estilo de jogo, ele é realmente show (e para quem não é fã também, afinal de contas, sou muito mais apaixonado por jogos de zumbi, como já falei várias vezes aqui!).

Eu mesmo pretendo enveredar e lançar algum tipo de projeto no ano que vem focando as redes sociais – ou pelo menos usá-las como um melhor canal para comunicação – afinal de contas, este é atualmente um dos melhores e mais focados canais de comunicação e marketing para quem deseja divulgar seus jogos para um público tão grande e ao mesmo tempo tão focado – grande parte dos usuários de redes sociais jogam algum tipo de jogo nelas.

E para você, amigo leitor, qual a sua opinião a respeito dos jogos sociais: são somente uma “moda” ou vieram “pra valer”?

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Kill those ponies

Está cansado de ver tantos desenhos de “pôneis bonitinhos” na televisão? Não aguenta mais nem ver um deles em sua frente sem ter vontade de atirar o controle remoto? Calma, nós temos a solução! Em vez de atirar o controle remoto, que tal atirar com pistolas e rifles? Hey, não estamos dizendo para você cometer crime algum, estamos falando de um jogo chamado Kill Those Ponies, um shooting game onde seu único objetivo é exterminar os malditos pôneis alegres e saltitantes!

Sim, eu sei, parece muito mal, mas lembre-se é somente um jogo e convenhamos: já atiramos em aliens, gigantes de pedra e tantos outros monstros no mundo dos jogos, o que custa eliminar também alguns pôneis coloridos em um jogo, não é mesmo? E o jogo é realmente viciante, pois quanto mais tempo você permanecer no jogo, mais difícil será continuar acertando eles sem ser acertado pelos “grítos dos críticos” (sim, aparecem fãs dos pôneis durante o jogo e você também precisa livrar-se deles – bem, acho que você já entendeu o que eu disse).

Sim, este jogo realmente não possui de jeito algum um perfil de jogo infantil ou educativo, mas com certeza é ótimo para desestressar e liberar aquela raiva toda acumulada após um dia de trabalho em um escritório (quem já sofreu a ira de um chefe nervoso por um atraso em um projeto sabe o quanto isso pode fazer bem). Então, esquecendo um pouco o lado crítico-ambientalista, o jogo é, sim, bem divertido e legal (e como já disse, viciante: acabei de passar mais uns cinco minutos jogando ele novamente e tenho que terminar esse artigo logo para voltar a jogá-lo mais uma vez).

As opções de armas são pistola, metralhadora, espingarda e granada. As granadas são bem raras e conseguem eliminar todos os inimigos da tela e a pistola possui munição infinita, mas, como você já deve imaginar, a metralhadora é que é realmente divertida: é “sentar o dedo” no gatilho e ver quantos conseguimos acertar.

E então, pronto para a ação? Se sim, é só clicar na imagem abaixo:

Kill Those Ponies
Clique para jogar Kill Those Ponies

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Bear Soldier – sua opinião sobre “ursinhos fofinhos” está para mudar!

Todo mundo sabe que “ursinhos fofinhos” não gostam de dragões… Você não sabia? Bem, eu também não, até jogar Bear Soldier, um jogo no estilo clássico criado por jogos como Worms e Bloons! Em Bear Soldier, você é um ursinho todo fofinho (ei, não estou de sacanagem, não!) que não gosta de dragões e, por isso, decidiu acabar com todos eles usando suas armas, e aqui acaba toda a “fofura”, pois as armas são as tradicionais pistolas, espingardas, facas, granadas, explosivos com acionadores, etc.

Se você gosta de explodir ou atirar em dragões (ou qualquer outro ser, aí é só usar a sua imaginação!), Bear Soldier pode ser o jogo certo para você! Entretanto, não pense que você terá à sua disposição munição ilimitada! A munição é limitadíssima e podem haver obstáculos a serem destruídos como blocos de vidro, por exemplo, então você precisa saber utilizar-se bem de todos os recursos disponíveis.

É por isso que consideramos esse jogo uma mistura de jogo de ação e puzzle e acredito que agradará bastante jogadores de ambos os públicos. O jogo inteiro utiliza o mouse, o que torna o seu aprendizado bastante fácil: mire usando o mouse e segure o botão do mouse por tempo suficiente para determinar a força certa com a qual disparará a arma atual e pronto – agora é só rezar para tentar matar todos os dragões de uma vez só (consegui duas vezes!).

Se há uma coisa que adoraria ver nesse jogo, seria uma maior quantidade de armas (algo próximo de Worms Armageddon! :-) ), a possibilidade do urso mover-se pelo cenário a fim de aproximar-se ou afastar-se mais dos inimigos, um cenário bem maior com scrolling e um timing para a execução dos dragões, que começaria a contar a partir do primeiro tiro ou do primeiro passo, por exemplo, contabilizando assim a pontuação do jogador também a partir desses parâmetros. Ah, e um sistema de ranking para sabermos quão bem nós fomos (ideal seria ter essa informação para cada nível!). Aí sim o jogo seria muito mais desafiador! 😉

Bem, antes que eu me esqueça, aqui está um link para acesso ao jogo Bear Soldier (é só clicar na imagem):

Bear Soldier

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Ruins – um adventure game diferente!

Olá amigos leitores! Após muito, muito tempo sem publicar novos jogos freeware aqui, cá estou com um jogo que acabei de jogar (duas vezes até, para melhor compreender sua estória) chamado Ruins. Ruins trata-se de um jogo no estilo adventure onde você é um cão (na verdade, cadela) que se encontra em um cenário um tanto quanto sombrio em meio a ruínas de algo que não se pode reconhecer. Lá, você encontrará vários coelhos brilhantes, uma escultura também bastante brilhante e um piano escuro, em meio a sombras de árvores mortas.

A lógica do jogo é bem simples e seu foco está nos gráficos (que são muito legais, diga-se de passagem) e na estória em si, onde você vai conhecendo aos poucos o que aconteceu com a protagonista e com os seus donos. Na verdade, o grande foco mesmo é a estória em si, então se você está esperando muita ação, porrada ou mistérios a resolver, então este jogo não é para você, já que este jogo está mais para um “livro que você lê saltando alguns capítulos e precisa voltar e lê-lo várias vezes”. E por isso que tive que jogá-lo duas vezes, pois você até entenderá parte do que aconteceu, mas não conhecerá toda a estória jogando somente uma vez (recomendo que jogue-o três vezes, pois eu mesmo ainda jogarei mais uma vez para tentar encontrar algo mais que esteja escapando-me).

Para a movimentação, use as setas direcionais, e para escolher uma opção de diálogo e avançar a conversa, utilize a tecla [enter] – na verdade, você pode alterar a configuração, mas esta é a configuração padrão.

Bem, abaixo uma imagem do jogo para que melhor possa conhecê-lo. Se quiser ir até a página do desenvolvedor e baixar o jogo, é só clicar nela!

Ruins
Clique para saber mais sobre Ruins!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Melhores jogos em Flash – seleção de agosto

Se você está aí em casa ou no trabalho, sentado em frente ao computador sem saber o que fazer para passar o tempo, meu amigo, minha amiga, que desperdício… Um mês inteiro pela frente e você ainda não sabe bem como se divertir? Bem, se você não tem nada programado para hoje, gostaria de convidá-lo para uma partida de um dos vários jogos online que podemos encontrar na grande e abençoada web. Não sabe o que jogar? Estava mesmo esperando que você dissesse isso, afinal de contas, já selecionei três jogos especialmente para animar o seu dia.

Como dizia o poeta, jogar é preciso, viver não é. Bem, não foi exatamente isso o que ele disse, mas se ele vivesse nos dias de hoje, bem que esta poderia ser a sua frase. Enfim, sem mais conversa, vamos logo aos jogos!

Jogos de ação

Que tal começarmos nossa lista com muito estilo, uma música legal de fundo e um desafio bem simples: salte o quanto você puder! Não conseguiu captar a mensagem? Então deixe-me traduzir isso em suas palavras: Icy Tower! Adoro esse jogo desde que vi sua primeira versão, desktop e free, para PCs. Desde então, o mesmo já recebeu versões em Flash (que pode ser jogada também no Facebook, onde você terá alguns extras, se bem me lembro). A ideia do jogo é bem simples: você está dentro de uma torre, praticando o que poderia ser um esporte radical – qual nome podemos dar a isso, combo jump? – e o seu objetivo é bem simples: saltar de plataforma a plataforma, utilizando-se também das paredes para pegar impulso, criando super combos espetaculares.

Pareceu fácil? Não é. Na medida em que o tempo vai passando, as plataformas vão sendo destruídas – e quanto mais passar o tempo, mais rapidamente elas são destruídas. Também quando você encosta nelas o “processo de destruição” da plataforma é acelerado, obrigando-o a saltar sempre mais e mais rápido em direção ao topo. Na versão original para PC, eu não consegui subir toda a torre (é muito alta!), mas se bem me lembro na versão em Flash já consegui – mas já vou avisar, precisará de muita esperteza e reflexos nesse jogo. Agora, se você está procurando diversão, este jogo é realmente uma ótima oportunidade!

Jogos de tiro

Tudo parecia somente mais um dia tranquilo, quando de repente, você olha para fora de sua casa e avista o pior. Não, não são zumbis, pior que isso, são bonecos zumbis! Certo, certo, dito assim, parece meio babaca, mas confie em mim, é divertido – e após algum tempo, muito difícil manter-se vivo do ataque desses bonecos! Ah, de que jogo estou falando? Falo de Zombie Dolls, um jogo de zumbis parecido com outros (há uma barricada, você deve evitar que os zumbis entrem em sua casa e você pode comprar armas e mais armas), porém com algumas diferenças, principalmente quanto aos gráficos (por serem bonecos zumbis, o cenário é um pouco menos “apocalíptico”) e quanto aos ataques dos inimigos (alguns aparecem “carregados” por balões, que precisam ser estourados para que os mesmos caiam e possam ser eliminados).

Não sei quantos rounds você deve sobreviver – como disse, após algum tempo fica muito difícil manter-se vivo – mas com certeza esse jogo pode garantir a sua diversão por uma ou duas horas – principalmente se você não quiser desistir desse jogo enquanto não terminá-lo, aí meu amigo, ponha mais algumas horas nisso. Quer conhecer o jogo e não sabe onde encontrá-lo? Não seja por isso!

Jogos de esportes

Já entendi, já entendi… Você prefere sentir a adrenalina correr em meio a um esporte e quando falamos de “adrenalina correndo” não estamos somente usando uma expressão qualquer – o que você quer mesmo é uma boa corrida, não é? Bem, se você gosta de motociclismo, Turbo Spirit pode ser uma excelente escolha, não? Trata-se de um jogo de corrida simples, que poderíamos descrever como um Enduro com gráficos bem melhorados e sobre duas rodas. Neste jogo, não há colocação dos competidores, tudo o que você precisa é correr o mais rápido possível para chegar no menor tempo no próximo checkpoint – o tempo restante será utilizado na contagem da pontuação.

Os gráficos, como disse, são bem legais e a visão é a mesma presente em vários jogos de corrida, como no clássico Top Gear, o que é muito legal. Bem, se você quer então dar umas “voltinhas” por aí de moto, tendo como único adversário o tempo, então está na hora de jogar Turbo Spirit (ah, é só clicar na imagem abaixo, ok?):

Missão dada, missão cumprida: esta foi mais uma lista contendo alguns dos melhores jogos em Flash que você pode encontrar na web, segmentados baseando-se nas categorias. Em breve teremos mais jogos por aqui, não somente jogos em Flash, mas jogos para consoles, como jogos para XBox 360, PS3, Wii e outros.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Risen 2

Se pararmos para avaliar os jogos de RPG ocidentais dos últimos anos veremos que eles já não são mais aqueles jogos HardCore de algum tempo atrás. Risen 2 promete mudar este fato.

Produzido pela Piranha Bytes o jogo possui uma temática pirata bem diferente de Risen, a primeira versão do jogo, que tinha um tema medieval. Em Risen 2 o jogador poderá criara um personagem e explorar os sete mares em companhia de sua tripulação. Outra grande mudança entre os dois jogos foi o sistema de batalhas que no segundo sofreu varias alterações para suportar batalhas com armas de fogo, alem de que o sistema de lutas corpo-a-corpo e o de magias também foi bastante alterado.

Como na maioria dos jogos da Piranha Bytes nesse jogo o jogador terá que se esforçar para conseguir alguma informação, e não vai ter nenhum tutorial explicativo mostrando passo a passo sobre como você se movimenta no jogo, para um jogador hardcore isso vai ser um prato cheio.

Um bom jeito de se aprender coisas novas nesse jogo é conversar com os NPCs, pois diferente da maioria dos RPGs, neste você não escolhe uma classe ou coloca pontos em uma arvore gigantesca de habilidade, você ganha uma habilidade quando aprendê-la no jogo com um NPC.

Os textos são outra parte importante do jogo mais de 250.000 conversas foram gravadas, isso porque você tem varias maneiras diferentes de interagir com cada NPC dependendo de como você quer interpretar seu personagem. A maneira de como você interpreta o personagem interfere em varias missões do jogo tornando-as mais fáceis ou difíceis.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Melhores jogos em Flash – seleção de julho

Pode ser sábado, domingo ou na segunda-feira de manhã: não há hora certa para aquela jogadinha, aquela partidinha rápida antes de ir para a escola ou para o trabalho, não é mesmo? E nessas horas, claro, você já sabe, pode contar conosco, o Giga Mundo Jogos para ajudá-lo a escolher os melhores jogos em Flash, aqueles que realmente merecem sua atenção. Bem, chega de conversa, pois não estamos aqui para bater papo, você quer saber quais jogos foram selecionados para este mês e, claro, eu estou louco de vontade de dizer quais foram os escolhidos!

Como sempre, vários jogos de três dos diversos gêneros de jogos foram analisados e agora aqui serão apresentados os três escolhidos. Não há muito segredo quanto ao processo de seleção: escolhemos aqueles que consideramos serem os mais divertidos. E então, pronto?

Jogos de arcade

Algumas pessoas só conseguem se divertir em meio a muita ação, outras somente quando jogando algo que envolva muito de seu raciocínio lógico. Entretanto, há aqueles que gostam de reviver os grandes clássicos e, para aqueles que gostam de clássicos, nada melhor que uma partida de Flash Pinball para matar a saudade das velhas mesas de pinball, não é mesmo? Os gráficos da mesa são simples e os sons também, porém bastante adequados ao jogo. A mecânica é fluida e fácil de entender, quanto à entrada de dados, use o mouse para definir a força e lançar a bola inicialmente e depois as setas direcionais esquerda e direita para mover os flippers, rebatendo assim a bola. Bem, “this is pinball”, preciso explicar algo mais?

Jogos de corrida

Adrenalina, para alguns, é escapar de tiros e bombas, para outros, é ver-se dentro de um carro de corrida a mil por hora. Se você pertence a este segundo grupo, aqui vai uma sugestão de jogo: Kart On, jogo de kart onde você poderá disputar altas corridas contra outros três competidores (controlados pelo computador) no melhor estilo “kart”. O jogo apresenta três modos: sunday cup (onde você pode disputar uma corrida), championship (onde você participará de um campeonato de kart) e trial attack (onde você poderá disputar contra sua “sombra”, a fim de ver quem tira o melhor tempo, excelente para treinamentos). E aí, pronto para encarar a emoção de estar em um carrinho de kart?

Outros jogos

Então o seu negócio hoje não é adrenalina, esporte ou raciocínio lógico, não é? Bem, mesmo assim ainda tenho uma opção de jogo que, acredito, você irá gostar, é o Shopping Cart Hero 2, jogo certo para quem quer correr por aí em um carrinho de compras! É isso aí, a proposta do jogo é exatamente esta: você acelera ladeira abaixo, entra no carrinho, salta a rampa e reza para conseguir a máxima pontuação baseado na distância, altura e manobras executadas no ar! Você acha que isso não é divertido? Agora mesmo, enquanto escrevia este artigo, deu-me uma vontade de voltar a jogar ele mais um pouco: e joguei por 57 saltos (quando me lembrei que estava em meio a um artigo e deveria terminá-lo)! E então, topa o desafio de mostrar que é o melhor em carrinhos de compras?

Bem, se você não sabia o que jogar hoje, aqui estão três excelentes opções – claro, dependendo de suas preferências pessoais – então agora é com você, é só escolher um e jogar quanto tempo quiser. Agora, com licença, pois vou voltar para as minhas partidas de Shopping Cart Hero 2 – isso pode ser viciante!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

O futuro do Final Fantasy?

A Square Enix vem mostrando que ainda consegue, a cada ano que passa, surpreender-nos ainda mais. Desta vez é quanto à qualidade gráfica dos jogos para a próxima geração de consoles que ela espera desenvolver.

Na última E3, ela apresentou ao público um demo renderizado realtime do que deveriam ser os gráficos para a geração de consoles que está por vir – e, claro, impressionou a todos. Ao que tudo indica, não falta muito para que os perfeitos CGs da Square Enix deixem de ser CGs e passem a ser parte interativad do jogo em si, o que tornará muitos fãs felizes. Os gráficos podem ser equiparados aos das CGs dos últimos jogos de Final Fantasy, como o Final Fantasy XIII-2.

Bem, passada a euforia, fica agora a pergunta: quanto precisaremos pagar por essa diversão? Sim, pois ainda hoje o console PS3 ainda se encontra em um preço muito mais alto do que muitos de nós podem pagar. Quanto tempo precisaremos esperar para que o preço caia ou tenhamos dinheiro para tal? Chega de protestos, acho que o que você deseja mesmo, agora, é ver o vídeo demo, intitulado Agni’s Philosophy:

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Sift Heads World – Act 6

Se você gosta de jogos que misturam ação com um pouco de exploração (sabe como é, procurar evidências, comprar novas armas, conversar um pouco – e atirar muito), então talvez se apaixone por Sift Heads World – Act 6, um jogo que mistura elementos de jogos de tiro em primeira pessoa com adventures point and click – uma combinação e tanto, não?

Como se pode perceber pelo nome, trata-se de uma sequência: os “caras maus” (se é que existe alguém bonzinho nesse jogo :-) ) explodiram o quartel-general de Vinnie, Shorty e Kiro. E é claro que eles não vão deixar isso barato, não é mesmo? Escolha um dos três personagens que você quer ser nesse jogo e esteja pronto para muita ação.

A primeira missão será livrar-se de alguns capangas da Yakuza e, então, ir até o prédio da máfia, em Tokyo, recolher provas e explodi-lo (claro, é necessário pagar na mesma moeda, não é mesmo?). Depois disso, você precisará interagir com outros personagens e, aos poucos, encontrar as pistas certas para chegar até os seus principais alvos (desculpem-me, mas eu esqueci os nomes deles :-) ).

O jogo possui um estilo gráfico muito, muito único: os personagens são desenhados no estilo “stick”, isto é, “homens-palito”, e os cenários são criados predominantemente em tons de cinza, preto e vermelho, e a música de fundo é ótima para “criar o clima” e assim o jogador sentir-se mais ainda “dentro do jogo”.

Se gostou da ideia do jogo, aqui vai uma imagem do mesmo (em minha opinião, não é a melhor, mas na hora da ação de verdade, não dá para perder tempo com screenshot 😀 ). Clique nela para ir para o jogo:

Sift Heads World - Act 6
Clique para jogar Sift Heads World – Act 6

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Kung Fu Panda World – Tigress Jump

Se você gosta de um bom filme de computação gráfica, principalmente aqueles com muitas lutas e artes marciais, então deve conhecer o filme Kung Fu Panda – aliás, já temos uma sequência desse filme! No filme, um grande e desengonçado panda tem o sonho de ser um lutador de kung fu e, por ironia do destino (ou muita sorte dele), ele é o escolhido para ser o guerreiro dragão e proteger todo o reino.

Bem, deixando o filme para mais tarde, gostaria de comentar sobre uma série de jogos em Flash que foram desenvolvidos na época do lançamento do primeiro filme, com o intuito de divulgar o mesmo: os jogos Kung Fu Panda World, como podemos encontrá-los pela web. E um deles é justamente o jogo Kung Fu Panda World – Tigress Jump. O objetivo desse jogo? Ser simples, porém competitivo e viciante.

No Tigress Jump, o jogador encarna uma tigresa, um dos cinco escolhidos. Aqui, você está em treinamento e precisa saltar sobre as lanternas que pairam pelo ar, usando-se para isso somente do mouse. Inicialmente a tarefa parece fácil, mas quanto mais alto fica, mais difícil se torna conseguir alcançar outra lanterna antes que se caia daquela altura! A dica aqui é, então, aproveitar-se bem da sequência de lanternas (e passaros, que dão pontuação bônus!) para ficar o máximo de tempo no ar. Algumas lanternas voltam a aparecer após algum tempo próximo de onde você está, o que pode te ajudar em certas ocasiões, mas não é bom contar com isso como uma regra: às vezes, podem demorar bastante tempo para voltarem a aparecer!

Acabo de jogá-lo e consegui concluí-lo sem cair (após umas 20 tentativas, confesso), alcançando assim 172.300 pontos! E então, está a fim de encarar o desafio e fazer mais pontos que eu? É só clicar na imagem abaixo:

Kung Fu Panda World - Tigress Jump
Clique para jogar Tigress Jump agora!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS