Risen 2


Se pararmos para avaliar os jogos de RPG ocidentais dos últimos anos veremos que eles já não são mais aqueles jogos HardCore de algum tempo atrás. Risen 2 promete mudar este fato.

Produzido pela Piranha Bytes o jogo possui uma temática pirata bem diferente de Risen, a primeira versão do jogo, que tinha um tema medieval. Em Risen 2 o jogador poderá criara um personagem e explorar os sete mares em companhia de sua tripulação. Outra grande mudança entre os dois jogos foi o sistema de batalhas que no segundo sofreu varias alterações para suportar batalhas com armas de fogo, alem de que o sistema de lutas corpo-a-corpo e o de magias também foi bastante alterado.

Como na maioria dos jogos da Piranha Bytes nesse jogo o jogador terá que se esforçar para conseguir alguma informação, e não vai ter nenhum tutorial explicativo mostrando passo a passo sobre como você se movimenta no jogo, para um jogador hardcore isso vai ser um prato cheio.

Um bom jeito de se aprender coisas novas nesse jogo é conversar com os NPCs, pois diferente da maioria dos RPGs, neste você não escolhe uma classe ou coloca pontos em uma arvore gigantesca de habilidade, você ganha uma habilidade quando aprendê-la no jogo com um NPC.

Os textos são outra parte importante do jogo mais de 250.000 conversas foram gravadas, isso porque você tem varias maneiras diferentes de interagir com cada NPC dependendo de como você quer interpretar seu personagem. A maneira de como você interpreta o personagem interfere em varias missões do jogo tornando-as mais fáceis ou difíceis.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Melhores jogos em Flash – seleção de julho

Pode ser sábado, domingo ou na segunda-feira de manhã: não há hora certa para aquela jogadinha, aquela partidinha rápida antes de ir para a escola ou para o trabalho, não é mesmo? E nessas horas, claro, você já sabe, pode contar conosco, o Giga Mundo Jogos para ajudá-lo a escolher os melhores jogos em Flash, aqueles que realmente merecem sua atenção. Bem, chega de conversa, pois não estamos aqui para bater papo, você quer saber quais jogos foram selecionados para este mês e, claro, eu estou louco de vontade de dizer quais foram os escolhidos!

Como sempre, vários jogos de três dos diversos gêneros de jogos foram analisados e agora aqui serão apresentados os três escolhidos. Não há muito segredo quanto ao processo de seleção: escolhemos aqueles que consideramos serem os mais divertidos. E então, pronto?

Jogos de arcade

Algumas pessoas só conseguem se divertir em meio a muita ação, outras somente quando jogando algo que envolva muito de seu raciocínio lógico. Entretanto, há aqueles que gostam de reviver os grandes clássicos e, para aqueles que gostam de clássicos, nada melhor que uma partida de Flash Pinball para matar a saudade das velhas mesas de pinball, não é mesmo? Os gráficos da mesa são simples e os sons também, porém bastante adequados ao jogo. A mecânica é fluida e fácil de entender, quanto à entrada de dados, use o mouse para definir a força e lançar a bola inicialmente e depois as setas direcionais esquerda e direita para mover os flippers, rebatendo assim a bola. Bem, “this is pinball”, preciso explicar algo mais?

Jogos de corrida

Adrenalina, para alguns, é escapar de tiros e bombas, para outros, é ver-se dentro de um carro de corrida a mil por hora. Se você pertence a este segundo grupo, aqui vai uma sugestão de jogo: Kart On, jogo de kart onde você poderá disputar altas corridas contra outros três competidores (controlados pelo computador) no melhor estilo “kart”. O jogo apresenta três modos: sunday cup (onde você pode disputar uma corrida), championship (onde você participará de um campeonato de kart) e trial attack (onde você poderá disputar contra sua “sombra”, a fim de ver quem tira o melhor tempo, excelente para treinamentos). E aí, pronto para encarar a emoção de estar em um carrinho de kart?

Outros jogos

Então o seu negócio hoje não é adrenalina, esporte ou raciocínio lógico, não é? Bem, mesmo assim ainda tenho uma opção de jogo que, acredito, você irá gostar, é o Shopping Cart Hero 2, jogo certo para quem quer correr por aí em um carrinho de compras! É isso aí, a proposta do jogo é exatamente esta: você acelera ladeira abaixo, entra no carrinho, salta a rampa e reza para conseguir a máxima pontuação baseado na distância, altura e manobras executadas no ar! Você acha que isso não é divertido? Agora mesmo, enquanto escrevia este artigo, deu-me uma vontade de voltar a jogar ele mais um pouco: e joguei por 57 saltos (quando me lembrei que estava em meio a um artigo e deveria terminá-lo)! E então, topa o desafio de mostrar que é o melhor em carrinhos de compras?

Bem, se você não sabia o que jogar hoje, aqui estão três excelentes opções – claro, dependendo de suas preferências pessoais – então agora é com você, é só escolher um e jogar quanto tempo quiser. Agora, com licença, pois vou voltar para as minhas partidas de Shopping Cart Hero 2 – isso pode ser viciante!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

O futuro do Final Fantasy?

A Square Enix vem mostrando que ainda consegue, a cada ano que passa, surpreender-nos ainda mais. Desta vez é quanto à qualidade gráfica dos jogos para a próxima geração de consoles que ela espera desenvolver.

Na última E3, ela apresentou ao público um demo renderizado realtime do que deveriam ser os gráficos para a geração de consoles que está por vir – e, claro, impressionou a todos. Ao que tudo indica, não falta muito para que os perfeitos CGs da Square Enix deixem de ser CGs e passem a ser parte interativad do jogo em si, o que tornará muitos fãs felizes. Os gráficos podem ser equiparados aos das CGs dos últimos jogos de Final Fantasy, como o Final Fantasy XIII-2.

Bem, passada a euforia, fica agora a pergunta: quanto precisaremos pagar por essa diversão? Sim, pois ainda hoje o console PS3 ainda se encontra em um preço muito mais alto do que muitos de nós podem pagar. Quanto tempo precisaremos esperar para que o preço caia ou tenhamos dinheiro para tal? Chega de protestos, acho que o que você deseja mesmo, agora, é ver o vídeo demo, intitulado Agni’s Philosophy:

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Sift Heads World – Act 6

Se você gosta de jogos que misturam ação com um pouco de exploração (sabe como é, procurar evidências, comprar novas armas, conversar um pouco – e atirar muito), então talvez se apaixone por Sift Heads World – Act 6, um jogo que mistura elementos de jogos de tiro em primeira pessoa com adventures point and click – uma combinação e tanto, não?

Como se pode perceber pelo nome, trata-se de uma sequência: os “caras maus” (se é que existe alguém bonzinho nesse jogo :-) ) explodiram o quartel-general de Vinnie, Shorty e Kiro. E é claro que eles não vão deixar isso barato, não é mesmo? Escolha um dos três personagens que você quer ser nesse jogo e esteja pronto para muita ação.

A primeira missão será livrar-se de alguns capangas da Yakuza e, então, ir até o prédio da máfia, em Tokyo, recolher provas e explodi-lo (claro, é necessário pagar na mesma moeda, não é mesmo?). Depois disso, você precisará interagir com outros personagens e, aos poucos, encontrar as pistas certas para chegar até os seus principais alvos (desculpem-me, mas eu esqueci os nomes deles :-) ).

O jogo possui um estilo gráfico muito, muito único: os personagens são desenhados no estilo “stick”, isto é, “homens-palito”, e os cenários são criados predominantemente em tons de cinza, preto e vermelho, e a música de fundo é ótima para “criar o clima” e assim o jogador sentir-se mais ainda “dentro do jogo”.

Se gostou da ideia do jogo, aqui vai uma imagem do mesmo (em minha opinião, não é a melhor, mas na hora da ação de verdade, não dá para perder tempo com screenshot :-D ). Clique nela para ir para o jogo:

Sift Heads World - Act 6
Clique para jogar Sift Heads World – Act 6

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Kung Fu Panda World – Tigress Jump

Se você gosta de um bom filme de computação gráfica, principalmente aqueles com muitas lutas e artes marciais, então deve conhecer o filme Kung Fu Panda – aliás, já temos uma sequência desse filme! No filme, um grande e desengonçado panda tem o sonho de ser um lutador de kung fu e, por ironia do destino (ou muita sorte dele), ele é o escolhido para ser o guerreiro dragão e proteger todo o reino.

Bem, deixando o filme para mais tarde, gostaria de comentar sobre uma série de jogos em Flash que foram desenvolvidos na época do lançamento do primeiro filme, com o intuito de divulgar o mesmo: os jogos Kung Fu Panda World, como podemos encontrá-los pela web. E um deles é justamente o jogo Kung Fu Panda World – Tigress Jump. O objetivo desse jogo? Ser simples, porém competitivo e viciante.

No Tigress Jump, o jogador encarna uma tigresa, um dos cinco escolhidos. Aqui, você está em treinamento e precisa saltar sobre as lanternas que pairam pelo ar, usando-se para isso somente do mouse. Inicialmente a tarefa parece fácil, mas quanto mais alto fica, mais difícil se torna conseguir alcançar outra lanterna antes que se caia daquela altura! A dica aqui é, então, aproveitar-se bem da sequência de lanternas (e passaros, que dão pontuação bônus!) para ficar o máximo de tempo no ar. Algumas lanternas voltam a aparecer após algum tempo próximo de onde você está, o que pode te ajudar em certas ocasiões, mas não é bom contar com isso como uma regra: às vezes, podem demorar bastante tempo para voltarem a aparecer!

Acabo de jogá-lo e consegui concluí-lo sem cair (após umas 20 tentativas, confesso), alcançando assim 172.300 pontos! E então, está a fim de encarar o desafio e fazer mais pontos que eu? É só clicar na imagem abaixo:

Kung Fu Panda World - Tigress Jump
Clique para jogar Tigress Jump agora!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Melhores jogos em Flash – seleção de junho

Logo logo vem mais um fim de semana e você já deve estar aí pensando, “coçando-se” todo, o que você vai fazer para aproveitar todo aquele tempo livre, não é? Quer uma sugestão, que tal um bom jogo? O que, sem dinheiro para comprar ou alugar um e ainda por cima não está a fim de instalar em seu computador?

Bem, então só nos resta uma coisa: escolher um bom jogo em Flash que possa ser jogado pelo seu próprio browser e que seja realmente bom, afinal de contas, não queremos perder tempo com “jogos de má qualidade”, não é mesmo? Bem, aqui então entra o meu “trabalho”, que é o de selecionar alguns dos melhores jogos em Flash e divulgá-los aqui, por categoria. Certo, certo… Façamos o seguinte então, vou lhe indicar alguns jogos e você diz se gostou deles ou não, ok?

Mais três jogos então foram selecionados dentre diversas categorias e serão publicados aqui, agora, sem mais demora, para a sua satisfação. Está pronto?

Jogos de tiro

Adrenalina é a sua palavra de ordem, é o que o guia na hora de jogar? Então é bom estar com os reflexos muito bem treinados, pois o que tenho aqui é nada mais, nada menos que um super jogo no melhor estilo zombie game, isto é, um jogo para atirar em zumbis, muito zumbis (mas muitos mesmo!). Trata-se de SAS: Zombie Assault 3. Quer saber como é o jogo? Lembra do primeiro filme de Resident Evil? Imagine que a coisa toda estourou pela cidade e o departamento de polícia envia você, sozinho, cenário após cenário, para investigar o que levou ao aparecimento de zumbis.

Então você está lá e não pode ir embora de cada lugar sem antes eliminar todos os zumbis, mas não se preocupe, eles o enviaram com uma pistola… É, eu nunca ouvi falar de um departamento de polícia enviar um único policial com uma pistola para enfrentar centenas (isso mesmo, centenas) de zumbis, mas eles fizeram isso… Mas calma, não precisa cometer suicídio! Em cada cenário você poderá encontrar novas armas (ou melhor, destravar novas armas, depois você precisa “comprá-las” usando créditos que você ganha matando zumbis, quer vida melhor?) e aí a coisa vai ficando melhor, claro! Enfim, os gráficos são ótimos, a música de fundo e efeitos sonoros também são excelentes e há uma boa variedade de armas nesse jogo… O que mais podemos querer?

Jogos de esporte

Então você sempre quis ser o “rei do drible”, mas não passa de um baita perna de pau? Não se preocupe, eu também estou na mesma situação. Bem, para nós, há uma solução: Flash Dribbler, um jogo onde você pode driblar vários jogadores usando somente o mouse! O negócio é muito simples: você controla diretamente a movimentação da bola usando o mouse, em uma área de um gramado, enquanto vários outros jogadores tentam “roubar-lhe” a bola. A cada segundo que se passa sem que ninguém lhe tome a bola, você consegue mais pontos.

Você consegue pontos também quanto algum jogador tentar tomar-lhe a bola por meio de um “carrinho” e você evita que o mesmo consiga. Apesar de parecer simples, você perceberá que quanto mais o tempo passa torna-se mais difícil conseguir evitar que algum deles toque na bola – quando o jogo encerra. E aí, pronto para encarar essa missão?

Highscore games

Bem, este não é realmente um gênero, mas é uma das categorias de jogos do Carmaziel Games, onde são publicados os jogos que permitem salvar score, então decidi “criar” esta categoria aqui também. E se você quer começar com um jogo bem fácil de jogar e bastante divertido, que testa seu raciocínio rápido, por que não jogar Fling The Candidate, um jogo onde seu objetivo é literalmente lançar os candidatos no mercado de trabalho, ganhando comissões de acordo com os ganhos que seus candidatos obtiverem.

E sabe como você vai lançá-los no mercado de trabalho? Utilizando-se de um gigantesco estilingue! Isso mesmo, não estávamos brincando quando falamos sobre “lançá-los no mercado”! Apesar de ser bastante simples quanto aos seus comandos, você precisa tomar bastante cuidado para não lançá-lo com pouca força nem com muita (caso contrário o candidato vai voar, muito, muito longe mesmo! Clique na imagem abaixo e confira este jogo:

Bem, escolha agora o tipo de jogo que mais lhe interessa e não perca tempo, afinal de contas, o Ministério da Saúde adverte: jogar faz bem à saúde!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Por que jogos de arcade fazem sucesso?

Por algum acaso você já foi a um shopping e se divertiu com os jogos de arcade que lá encontramos? Há os que só gostam de jogos de console, mas há também os “fãs de carteirinha” dos jogos de arcade. Entretanto, no final das contas, o que importa realmente é a diversão.

Basta você jogar em um computador ou console e jogar em um arcade e certas diferenças ficarão bem claras. A curva de aprendizado, por exemplo – arcades são feitos para que aprendamos como jogar nos primeiros segundos, afinal de contas, não há tempo a perder! Logo após colocarmos a ficha e começarmos a jogar, não são necessários mais que 30 ou 60 segundos para nos sentirmos os “mestres do jogo”. Jogos de console são geralmente mais complexos, além de aparentarem seguir um “roteiro”, levando o jogador a fazer as coisas em uma determinada ordem a fim de prosseguir no jogo.

Um ponto crucial que leva muitas pessoas a não jogarem arcades é o custo. A sua diversão dura o tempo que você consegue manter-se vivo no jogo e isso pode ser tão curto quanto 2 ou 3 minutos. Entretanto, não significa que jogos de console ou computador “sejam bonzinhos”, deixando o jogador vivo por muito mais tempo. Já vi muitos jogos de computador que, devido à sua dificuldade, levam o jogador a ter que voltar ao início do jogo muito rapidamente.

Vamos falar agora sobre os tipos de jogos, começando pelos jogos de corrida. Quanto aos jogos de corrida, arcades apresentam uma física bem mais simplificada, o que é muito útil quando o nosso foco é somente na diversão e não em aprender a dirigir um carro de verdade. Em arcades, podemos fazer curvas bem malucas e, ainda assim, não perder o controle do carro ou sair capotando dezenas de vezes. Também a inteligência artificial é bem mais simplificada. Em muitos deles, os competidores cibernéticos não realizarão manobras agressivas para impedir sua passagem.

Outro tipo de jogo bem legal são os jogos de nave. Arcades não são tão complexos quanto simuladores de voo e isso fica bem perceptível nos primeiros minutos de jogo. E a cada dia aumentam o número de adeptos de ambas as modalidades, tanto os que preferem jogos mais realistas, quanto os que preferem jogos mais focados na diversão, provando que há espaço para todos.

Por algum acaso você lembra dos arcades de Tekken 2 e 3 ou mesmo chegou a terminar um daqueles jogos ou desafiou alguém? Vários jogos de luta projetados para arcade fizeram sucesso em sua época, jogos como Mortal Kombat e Virtua Fighter.

Quem jogou esses clássicos dos arcades em sua infância ou adolescência com certeza não tem muito o que reclamar deles. Eles evoluíram muito e hoje oferecem não somente uma alta qualidade gráfica, mas também incríveis opções de interação, como guitarras, pistolas, tapetes de dança, etc.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Portal – The Flash Version

Há alguns anos atrás a Valve Corporation (desenvolvedora de Half Life 1 e 2) criou um jogo puzzle com um game design totalmente novo: Portal. Nesse jogo, você controla um personagem em um local labiríntico (na verdade, trata-se mais de um grande complexo usado para testes nada ortodoxos) e sua única chance de manter-se vivo é usando uma arma capaz de projetar portais.

Para que servem essa arma e esses portais? Simples: você pode disparar e criar um portal a uma distância realmente grande e utilizar-se de outro próximo a você para, então, ser teletransportado para um novo local, próximo ao outro portal. Você pode pensar que as coisas podem ficar confusas, já que você pode criar vários portais, mas o máximo de portais existentes simultaneamente é dois, então sempre que você cria um novo portal, o portal mais antigo será fechado.

Você deve estar pensando que este é, então, um jogo bem fácil e que logo, logo você irá cansar dele. Bem, acredito que não, pois o jogo possui dezenas de níveis e, quanto mais você progride, novos obstáculos aparecerão, pondo em risco a todo momento a sua vida.

Bem e por que mesmo falamos tudo isso sobre o jogo Portal? Ah, é mesmo, lembrei. É que gostaria de apresentar aqui o jogo Portal – The Flash Version, a versão em Flash desse jogo. Trata-se de um fan game, isto é, um jogo criado por fãs do jogo original, mas só sei que o jogo é muito, muito divertido. Portal – Flash apresenta um ambiente 2D com visão lateral, sem scrolling (bem, pelo menos até o nível que joguei, que foi o 35 ou 40). Seu objetivo é exatamente o mesmo do jogo original (com a diferença de que o jogo original é 3D :P ), devendo utilizar-se dos portais para alcançar certos lugares e, assim, chegar até a saída.

Jogando o mesmo, o que encontrei até agora foram: blocos (muito úteis para “travar” interruptores e derrubar “atiradores”), atiradores (máquinas sensíveis a movimento que começam a disparar quando “avistam” um alvo), interruptores, esferas de energia, fossos sem fundo, campos elétricos (toque e você vira churrasco!), superfícies azuis e vermelhas (não toque nas vermelhas, não toque nas vermelhas!) e algumas outras coisas mais. Pode parecer pouco, mas a combinação delas torna cada nível muito mais desafiador!

Abaixo, uma imagem do primeiro nível (clique na imagem para começar a jogar agora mesmo):

Portal - The flash version
Clique para jogar Portal – The Flash Version

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Melhores jogos em Flash – seleção de maio

E então, campeão, já jogou muito hoje, ou está pronto para mais algumas vitórias? Se você está em sua casa, sem saber o que fazer, entediado, louco por mais um desafio, adivinhe só: acaba de encontrar a solução. Está na hora de mais uma lista contendo os melhores jogos em Flash da web! E não, não precisa me agradecer, afinal de contas é isso o que nós fazemos, não é? Analisar vários jogos em flash para indicar-lhe quais os mais interessantes de cada gênero.

E quais serão os jogos selecionados dessa vez? Talvez jogos de estratégia, puzzle ou seria algum jogo de esporte? Bem, chega de falar tanto, vamos para o que realmente interessa – os jogos:

Jogos de ação

Nada como um bom jogo de ação para nos despertarmos logo cedo, afinal de contas adrenalina é o que realmente importa, não é? E se você pensa assim, como eu, então Arm of Revenge pode ser uma das melhores escolhas para você – se é que você não já o jogou por aí, afinal de contas é um jogo que realmente vale a pena ser jogado. Neste jogo, você controla um guerreiro que possui um braço de metal, muito útil para desferir poderosos golpes em seus inimigos, mas se você acha que o seu braço metálico é o único ponto forte do protagonista, espere até ver as habilidades que ele pode aprender ao longo do jogo, conferindo-lhe novas sequências de golpes, alguns podendo ser combinados em combos bastante devastadores. Então, se você gosta de jogos no estilo “beat’em up”, este é o jogo certo para você e não deveria perder tempo, comece a jogá-lo agora mesmo:

Jogos de adventure

E que tal agora um jogo um pouco diferente, provavelmente, de qualquer outro que você já tenha jogado? Estamos falando de Another Side – Before the Dawn. Neste jogo, você é um escritor de romances que está sofrendo problemas de falta de confiança e dúvidas quanto à qualidade de seu trabalho, mas que deve continuar a todo custo a escrever o seu livro a fim de vê-lo publicado. E como a vida não é muito fácil, você precisa manter um outro emprego pelo dia a fim de conseguir pagar suas contas, enquanto trabalha à noite em seu livro, em uma rotina dobrada bastante estressante e cansativa. A mecânica do jogo em si (isto é, quando você está escrevendo o livro) é muito diferente e eu aconselho a prestar bastante atenção ao tutorial para entender como funciona (eu mesmo não entendi 100%! ) e ainda inclui alguns minigames, como o atendimento de telefonemas em seu emprego como operador de call center (é, sua vida realmente não é fácil). Interessou-se, quer jogar? É só clicar!

Puzzle games

E, para mudar um pouco mais o estilo dos jogos apresentados hoje, que tal conhecermos um jogo no estilo do clássico Arkanoid, estou falando de Super Block Breaker. Aqui, você terá três “vidas” para tentar destruir todos os blocos de cada uma das fases que se seguem (não são muitas, mas são bastante desafiadoras). Não há power-ups, mas cada nível possui uma configuração de blocos diferentes, alguns sendo mais resistentes que outros, o que vai tornando cada vez mais desafiador continuar progredindo no jogo. Bem, não há muito mais o que explicar sobre um jogo desse tipo, então agora é hora de jogar:

Bem, agora acho que está na hora de jogar um pouco mais de Arm of Revenge… Deixo vocês, então, com esta seleção de jogos e vou voltar para a minha partida, ok?

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Zugya – um shooter retrô com navegação livre!

Sim, eu sei, nem todos os meus leitores curtem jogos shoot’em up (vulgos jogos de nave), entretanto, tenho que admitir que considero tal tipo de jogo muito divertido – e é por isso que sempre indico bons shooters para serem baixados e jogados em meu blog. :-)

Bem, hoje vou apresentar um jogo shoot’em up japonês com um estilo gráfico bastante retrô, porém com uma forma de navegação bastante interessante e pouco explorada pelos shooters mais comuns: você pode voar livremente nas duas direções e não estou falando de mover-se pela tela somente, sua nave realmente rotacionará e permitirá que você se mova pelo espaço. Além disso, esse jogo tenta simular um “espaço infinito cíclico”, isto é, quando você ultrapassa o limite do “espaço sideral” pelo lado esquerdo, você irá para o limite do lado direito. É bem útil tal recurso e incrementa bastante o gameplay!

Quanto ao objetivo de cada fase, é bem simples: você precisa eliminar todos os alvos que aparecem no minimap. Tais alvos geralmente são bases espaciais inimigas e não pense que a tarefa será fácil, pois além das bases inimigas atirarem em você, há também frotas de naves inimigas a persegui-lo e ainda meteoros a vagar pelo espaço, então todo cuidado é pouco.

O armamento da nave do jogador possui um nível de plasma. Quando você segura o botão de tiro por muito tempo (ah, os tiros são automáticos, então você não precisa apertar repetidamente para atirar, basta segurar o botão), começará a preencher uma barra de plasma. Quando há plasma suficiente, um escudo se formará ao redor de sua nave e o protegerá no caso de colisão com inimigos ou meteoros. Pode-se também liberar o botão de tiro com a barra completamente cheia, liberando assim algumas explosões ao redor do jogador, úteis contra naves e bases inimigas.

E agora, uma rápida “geral” sobre os controles: use setas direcionais para mover sua nave, tecla Z para atirar e/ou carregar o plasma e tecla X para aumentar a velocidade da nave, movendo-se mais rapidamente. Enquanto você estiver segurando o botão de tiro (tecla Z), sua nave irá manter a atual direção “travada”, podendo você mover-se livremente, mas sem rotacionar a mesma. Quando movimentando-se sem segurar a tecla Z, você estará permitindo que a nave seja rotacionada. Cada uma dessas opções pode ser interessante para uma determinada situação.

Além disso, você não precisa fazer a instalação do jogo: é só baixar, descompactar e jogar!

Como disse, o jogo possui um estilo gráfico bastante retrô (bem, ele também não é um jogo que “foi lançado ontem”, o que justifica muita coisa :-) ), que você pode conferir na imagem abaixo:

Jogo shooter Zugya

Caso deseje baixar o jogo e começar a jogar agora mesmo, clique no link abaixo:

Baixar Zugya.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS