FFTA2 – Mesmo mundo, novas táticas, muito mais emoção

“Final Fantasy Tactics A2: Grimoire of the Rift” é mais um grande jogo da Square Enix no melhor estilo RPG tático.

Se você jogou o predecessor (Final Fantasy Tactics Advance, para GBA) vai perceber que seu “irmão mais novo”, para DS, mantém muitas de suas características que garantiram seu sucesso.

A história ainda se passa no mundo de Ivalice, onde Luso, um garoto do “mundo real” que vive a levar broncas na escola, é colocado de castigo na biblioteca, onde encontra um livro e começa a lê-lo.
Logo percebe que as últimas páginas estão em branco e que, o último parágrafo escrito, conta que alguém virá para contar o resto da história.

Pronto! Ele se vê transportado para o mundo de Ivalice e, agora, com a ajuda de uma guilda, corre em busca de descobrir como voltar para casa.

Além do mesmo mundo, o sistema de engine isométrico, bem como o mapa das cidades (com alguns modificações, claro, com algo que se assemelha a mapas de cidades e regiões), vai lembrar-lhe bastante o primeiro jogo, bem como as batalhas, onde a presença de juízes ainda é constante.

Bem, contando uma nova aventura, povoada de novos trabalhos para os personagens e contando com mais de 300 missões (algumas delas fundamentais no progresso da história), FFTA2 promete manter a fascinação que o primeiro jogo causou em seu público.

Bem, sou suspeito a falar disso, já que eu jogava (e muito) o primeiro FFTA. Então o negócio é ver para crer e, se você pensou que eu ia publicar mais um vídeo… É, acertou. 😀

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Comments are closed.

Email
Print